A escova progressiva é um tratamento de redução de volume e alisamento capilar bastante procurado, mas que ainda deixa muitas pessoas preocupadas. Dúvidas como se esse tipo de tratamento prejudica os fios ou mesmo quais são os seus resultados estão dentre as perguntas mais comuns acerca do assunto. Para te ajudar vamos falar um pouco sobre essas dúvidas.

escova-progressiva-definitiva

A primeira grande dúvida em relação a escova progressiva diz respeito aos seus resultados. Para começar é importante que se diga que esse é um tipo de tratamento que age reduzindo o volume dos fios e a partir dessa redução promove o alisamento. A progressiva não altera a estrutura do fio o que permite que ele volte a sua condição depois de algum tempo.

Após uns 04 meses, mais ou menos, será necessário fazer uma nova progressiva para deixar os fios lisos novamente. Uma das principais vantagens é que o tempo em frente ao espelho para arrumar os cabelos diminui consideravelmente. A segunda grande dúvida é em relação a que tipos de cabelo podem ou não fazer a progressiva.

Os cabelos volumosos e crespos são os mais indicados, já os cabelos afro não são indicados para progressiva pela sua porosidade. A atuação dos produtos químicos nos fios afro os deixarão muito grossos o que tira a naturalidade do cabelo. Em relação a cabelos que sofreram muitas agressões por tratamentos químicos é importante pensar bem antes desse procedimento.

Para que os efeitos da progressiva sejam bons e não haja problemas com os fios danificados é aconselhável fazer hidratações e revitalizações dos fios antes de fazer a escova. Uma curiosidade a respeito da progressiva que intriga muitas mulheres é que o efeito dessa escova é melhor em cabelos que não são virgens.

Os cabelos que nunca tiveram tratamentos químicos e nem pinturas não tem fissuras e nem aberturas ao longo do fio o que torna mais difícil para os produtos da escava moldarem o cabelo.