A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) equivale a uma versão digital das tradicionais notas impressas. A Nota Fiscal Eletrônica SP (São Paulo) é implantada pela Secretaria Municipal de Finanças. O principal objetivo da NF eletrônica SP é simplificar o procedimento para os prestadores de serviços e gerar créditos para os clientes, tanto cidadãos quanto empresas de São Paulo.

O cliente (também conhecido como tomador de serviços) que solicitar a emissão da nota eletrônica SP poderá usar parte do Imposto Sobre Serviços (ISS) recolhido para abater até 50% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Ao pagar por algum serviço solicite por Notas Fiscais Eletrônicas SP. Informe ao prestador de serviços o seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da sua empresa ao adquirir um produto. Dessa maneira você garante os benefícios que as notas fiscais proporcionam.

nota-fiscal-eletronica-sp

O prestador de serviços emite uma nota fiscal eletrônica a partir de uma senha pelo sistema online. Quando a emissão de uma nota fiscal eletrônica não for possível ou em casos em que o prestador de serviços utilize a opção de envio de arquivos, solicite um Recibo Provisório de Serviços (RPS).

O cálculo do ISS devido pelo prestador de serviços e o valor do tributo será efetuado de modo automático pelo sistema e impresso na Nota Fiscal Eletrônica. Pessoas jurídicas ficam com 10% do ISS recebido e pessoas físicas com 30%.

O prestador precisa gerar no sistema o documento de arrecadação referente às Notas Fiscais Eletrônicas emitidas. O recolhimento do imposto deve ser feito pelo prestador até o dia 10 de cada mês relativamente às notas emitidas no mês anterior. Depois do recolhimento, a parcela do imposto constante na NF-e é creditada de maneira automática aos clientes. É possível acompanhar os valores já creditados e os valores pendentes através de consultas pela internet.

Os créditos acumulados podem ser utilizados para abatimento de até 50% do IPTU. Você pode indicar os imóveis para receber o benefício entre 1º e 30 de novembro de cada ano. Pessoas isentas do pagamento de IPTU ou que não possuem imóveis também são beneficiadas com as Notas Fiscais Eletrônicas.